Vendas do Dia dos Pais devem crescer em 30%

Estimativa leva em consideração resultados positivos alcançados no Dia das Mães e Dia dos Namorados

As vendas do Dia dos Pais devem superar em cerca de 30% o número registrado em 2020. A expectativa da Associação Comercial de Mogi das Cruzes (ACMC) leva em consideração os bons resultados alcançados no Dia das Mães, primeira grande data para o varejo após a flexibilização para reabertura das lojas e o Dia dos Namorados. O recente anúncio do governo estadual, que ampliou o horário de operação das lojas e aumentou o limite de ocupação em 80%,deve contribuir para o percentual de crescimento do varejo mogiano.
As expectativas positivas para o Dia dos Pais são reforçadas por números divulgados recentemente, como o Índice da Fundação Escola de Comércio Álvares Penteado (FECAP) que mostrou uma alta de 10,91% na confiança do empresário do comércio do estado de São Paulo no mês de julho, levando em consideração junho de 2021. De acordo com a instituição, todos os indicadores que compõem o índice estão acima de 100 pontos, o que demonstra otimismo do empresário.
Com a pandemia de Covid-19, os comércios tiveram que se adaptar para se adequar às regras de transição impostas pelo Plano São Paulo, que em alguns períodos, estabeleceu o fechamento das lojas. Agora, os investimentos começam a dar frutos. Prova disso, é uma pesquisa realizada pela Shopee, plataforma de comércio eletrônico, que mostrou que os consumidores gastarão mais no Dia dos Pais do que nas últimas datas comemorativas. A previsão é um tíquete médio de R$ 245, o Dia dos Namorados foi de R$ 240 e do Dia das Mães R$ 210. O levantamento mostrou que os presentes preferidos são os calçados, com 16% de intenção de compra. Depois, aparecem os acessórios, jóias e artigos esportivos.
“O comércio começa a dar sinais de uma recuperação consistente. No Dia dos Pais os setores que devem registrar mais movimento são o de vestuário, calçados e acessórios, além dos restaurantes. Esta data será importante para alavancar a recuperação econômica”, afirma a presidente da ACMC, Fádua Sleiman.
Para reforçar estes números, apoiar e incentivar o varejo mogiano, a ACMC desenvolveu a Campanha Compre no Comércio Local, que segue até outubro. “A ação já tem demonstrado bons resultados, pois tem movimentado não apenas os estabelecimentos da região central da cidade, mas de todos os bairros de Mogi. O mais importante é que os prêmios da campanha são vales-compras nas lojas participantes, ou seja, o dinheiro retorna para o próprio comércio”, observa a presidente. Para participar basta comprar R$ 50,00 em compras nas lojas parceiras e preencher o cupom. O sorteio será no dia 19 de agosto.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese