Quinze mil mogianos estão com nome negativado

Dívida inscrita no SCPC supera os R$ 15 milhões, mostra balanço da Associação Comercial de Mogi das Cruzes

O Serviço Central de Proteção ao Crédito (SCPC) de Mogi das Cruzes possui atualmente 15.736 pessoas inscritas em seu cadastro. O número é 7% maior do que o registrado no mesmo período de 2020, quando 14.677 pessoas figuravam na lista de inadimplentes. Hoje o volume da dívida inscrita no SCPC está em R$ 15,2 milhões, percentual 8% maior que o registrado em setembro de 2020, quando o valor era R$ 14 milhões. O crescimento da dívida e inclusão de novos devedores foi agravado pelo desemprego e redução de renda desencadeada pela pandemia de Covid-19, aponta a Associação Comercial de Mogi das Cruzes – ACMC.

De acordo com dados do SCPC, em setembro de 2020, 1.261 pessoas tiveram seu nome negativado. Já no mês passado foi registrada a inclusão de 406 mogianos. Os números indicam uma queda de 67% se comparados os períodos.

No entanto, o volume de exclusão do serviço apresentou uma ligeira queda no nono mês deste ano, quando 271 pessoas deixaram a lista, isso representa uma variação negativa de 1,4% se levarmos em conta setembro do ano passado, quando 275 mogianos deixaram o cadastro. As exclusões no serviço ocorrem quando as dívidas são quitadas ou após cinco anos da inclusão do débito.

Atualmente, 50% das dívidas inscritas no serviço de proteção ao crédito são de mogianos que devem até R$ 500,00. Outros 30% se referem às pendências de R$ 1 mil, 15% são de pessoas que devem até R$ 2 mil e 5% dos inadimplentes têm débitos acima deste valor.

Ainda segundo levantamento do SCPC, cerca de 90% dos inscritos no serviço tem apenas um registro de dívida. Os homens representam a maioria dos inadimplentes, eles formam aproximadamente 70% dos inscritos. Os dados apontam que 45% das pessoas com nome negativado na cidade têm entre 26 e 40 anos e outras 40% estão com 41 e 60 anos.

Para o diretor do SCPC de Mogi, Carlos Lapique, os inadimplentes precisam ficar atentos às oportunidades de renegociação das dívidas. “É de interesse das empresas realizarem estes acordos. Para as pessoas que estão com o nome negativado é uma boa oportunidade, pois, na maioria das renegociações, é possível estender o prazo para quitação das dívidas e os juros e multas também sofrem redução”, destaca. Os telefones do SCPC para informações são o 4728-4308 e 4728-4309.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

pt_BRPortuguese